A Comissão Europeia publica rascunho da legislação Data Act que irá governar as transferências de dados nos próximos anos.

O Data Act, legislação anunciada no dia 23 de fevereiro, estabelece a estrutura da UE que rege as regras, direitos e obrigações para empresas que transferem dados pessoais europeus para servidores e data centers offshore (principalmente nos EUA).

A chegada das regras propostas ocorre depois de a Meta no início deste mês alertar que se não fosse permitido transferir, armazenar e processar dados de utilizadores da União Europeia em servidores baseados nos EUA, poderia fechar o Facebook e o Instagram na Europa.

As novas regras propostas regem “quem pode usar e aceder aos dados gerados na UE em todos os setores económicos”. O Data Act inclui medidas para permitir que os utilizadores de dispositivos conectados tenham acesso aos dados gerados, que muitas vezes são recolhidos exclusivamente pelos fabricantes, e partilhar esses dados com terceiros para fornecer serviços de pós-venda ou outros serviços inovadores baseados em dados.

Também inclui medidas para reequilibrar o poder de negociação das PME, evitando o abuso de desequilíbrios contratuais nos contratos de partilha de dados. Por fim, vai permitir que os órgãos do setor público acedam e utilizem dados mantidos pelo setor privado, durante inundações ou outras situações de emergência, por exemplo.
Essencialmente, o projeto do Data Act vai obrigar a Amazon, a Microsoft, a Meta e outros grandes fornecedores de serviços de cloud e processamento de dados a estabelecer salvaguardas para impedir que governos fora da UE obtenham acesso ilegal aos dados da UE.

Fonte: IT Insight

ARTSOFTPowerPartner Platinum 2022

A ARTVISION foi novamente distinguida pela ARTSOFT com Platinum Power Partner 2022, comprovando o mais elevado nível de aptidão e compromisso da empresa com o Software de Gestão ARTSOFT.
Segundo informação da software house, os parceiros Platinum Partner diferenciam-se por possuir competências na implementação de software de gestão com elevados níveis de complexidade, que analisam detalhadamente as necessidades de cada cliente e que desenvolvem soluções adaptadas às exigências das organizações.
O estatuto de parceria Platinum Partner, comprova o elevado grau de especialização em projetos de maior dimensão, para os quais são exigidas equipas especializadas e certificadas pela ARTSOFT.
Conheça estas e outras certificações em www.artvision.pt/Certificacoes
   Sophos Switch

A Sophos, empresa de cibersegurança, lançou a série Sophos Switch, que apresenta uma variedade de switches de camada de acesso de rede para conectar, alimentar e controlar o acesso dos dispositivos dentro de uma rede local (LAN, na sua sigla em inglês).

A nova oferta adiciona mais um componente ao portefólio de acesso seguro da Sophos, que também inclui a Sophos Firewall e o Sophos Wireless.

“O Sophos Switch integra-se harmoniosamente no ecossistema adaptativo de cibersegurança da Sophos, para ampliar a conectividade entre redes LAN de escritórios,” comentou Joe Levy, Chief Technology Officer da Sophos.
“Estamos a remover as complexidades das implementações de vários fornecedores, oferecendo às organizações e aos parceiros de canal uma única fonte de gestão, monitorização e resolução de problemas.”

Os switches são geridos remotamente na plataforma Cloud Sophos Central, o que permite aos parceiros supervisionar todas as instalações no cliente, dar resposta a alertas e acompanhar licenças e datas de renovação futuras.

Mais informações sobre as soluções Sophos em https://sophos.artvision.pt/

Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência. Ao continuar a navegar neste site, está a concordar com o uso destes cookies. Saber mais. OK
VOLTAR AO TOPO