O RGPD ainda agora entrou em vigor e já há duas empresas a sofrer as consequências. O Facebook e a Google estão a ser acusados de promoverem um consentimento “forçado” aos utilizadores, para que estes possam usufruir dos seus serviços, indo contra as novas regras impostas pela União Europeia.

Com a entrada em vigor do RGPD, começam a aparecer os primeiros casos de incumprimento. As primeiras empresas a estarem a ser alvo de queixas são dois gigantes que lidam com dados pessoais de milhões de pessoas: a Google e o Facebook.
As duas empresas enfrentam agora um processo em tribunal submetido por um ativista austríaco, Max Schrems, que ao longo dos anos muito tem criticado a política de dados das empresas.

Embora o Facebook e a Google tenham atualizado a sua política de privacidade para estarem em conformidade com as novas regras europeias, de acordo com Max Schrems estas obtêm o consentimento dos utilizadores através de uma check box que, no caso de estes não assinalarem devidamente, não poderão aceder aos serviços. Isto, na prática, significa que os utilizadores são induzidos a consentir a utilização dos seus dados, de forma que o ativista afirmou como “forçada”.
No caso do Facebook, são três os processos jurídicos que este enfrenta, um diretamente à rede social Facebook, e outros dois ao Instagram e ao WhatsApp. No total, o Facebook enfrenta um processo na ordem dos 3,9 mil milhões de dólares. Já a Google, enfrenta um processo de 3,7 mil milhões.
A queixa de Schrems foi feita às autoridades reguladoras de proteção de dados da Austria, Bélgica, França e Hamburgo, Alemanha.

Fonte: IT Insight

Diapositivo1
Diapositivo2

O Dia Mundial da Sociedade da Informação, conhecido como Dia Mundial da Internet, foi instituído no dia 17 de maio de 2005, após uma Assembleia Geral das Nações Unidas, realizada na Tunísia.  A CMSI (Cimeira Mundial sobre a Sociedade da Informação), propôs à ONU (Organização das Nações Unidas), a criação de uma data comemorativa para a inclusão digital. Uma das metas da CMSI era diminuir a exclusão digital e interligar, a partir da internet, países desenvolvidos e subdesenvolvidos, garantindo o acesso mundial à rede.

No dia 17 de maio de 2006, a UNESCO celebrou a data, através da promoção de uma consciencialização pública para os benefícios proporcionados pela internet, como o compartilhamento de ideias e informações sem restrição.

Antes de 2005, o dia 17 de maio era conhecido como o Dia Mundial das Telecomunicações, em comemoração à fundação da União Internacional de Telecomunicações (UIT), ocorrida em 1865. Assim, o Dia Mundial da Internet é resultado da evolução tecnológica, incluindo a internet como uma ferramenta importante de comunicação.

O seu negócio acompanhou esta evolução?
Conheça algumas soluções que poderão dar um novo impulso em www.artvision.pt/web-solutions

Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência. Ao continuar a navegar neste site, está a concordar com o uso destes cookies. Saber mais. OK
VOLTAR AO TOPO