Campus da tecnológica incorpora arquitetura end-to-end sem fios construída com base nas mesmas inovações wireless do 5G.

As grandes tecnológicas começam a introduzir nas suas infraestruturas soluções integradas baseadas na quinta geração mobile, atualizando as redes wireless com a tecnologia Wi-Fi 6. A Cisco anunciou novas “soluções inovadoras” para ajudar as organizações a adotarem esta nova era de conectividade sem fios, o que vai permitir a ligação de mil milhões de objetos, refere o comunicado.

A Cisco está a ampliar o seu portfólio de redes para o campus “mais completo da indústria”, introduzindo uma nova gama de switches, pontos de acesso e controladores de próxima geração, tendo como objetivo oferecer uma arquitetura end-to-end sem fios “wireless-first” da indústria, baseados nas mesmas inovações fundamentais do 5G.

Entre as soluções reveladas pela gigante tecnológica, estão pontos de acesso Wi-Fi 6 (do catálogo Catalyst e Meraki), prometendo processadores programáveis personalizados e acesso a capacidades analíticas inovadoras. O hardware suporta redes sem fios inteligentes e seguras, ajudando os utilizadores a poupar a bateria dos seus equipamentos conectados. O sistema de ponto de acesso da Cisco suporta vários protocolos de comunicação de IoT, como o BLE, Zigbee e Thread.

Outro produto preparado para a nova geração é o Switch central, da família Catalyst 9600, que serve de base a qualquer rede. Esta será a única estrutura de rede que as empresas necessitam para combinar uma rede wireless com uma com fios. A Cisco garante ainda novos recursos para programadores e uma colaboração mais estreita com a indústria, suportando as soluções da Samsung, Intel e Broadcom.

O Wi-Fi 6 vai introduzir, na teoria, velocidades de 9,6 Gbps, mais 3,5 Gbps do que a anterior geração Wi-Fi. Mais que velocidades rápidas, as ligações vão ser mais estáveis e consistentes, e essa talvez seja a característica mais importante do Wi-Fi 6. No entanto, há que tomar atenção de que apenas os equipamentos compatíveis funcionam com Wi-Fi 6, pois isso, será necessário substituir todos os dispositivos envolvidos, desde os smartphones, routers, etc.

Fonte: Sapo TEK

Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência. Ao continuar a navegar neste site, está a concordar com o uso destes cookies. Saber mais. OK
VOLTAR AO TOPO