O update de maio de 2019 do Windows 10 eleva a fasquia no que diz respeito a espaço em disco. Agora, são necessários 32 GB disponíveis.
A Microsoft alterou uma configuração na atualização 1903 do Windows 10 e pretende agora reservar 7 GB de espaço em disco, em permanência, para instalar atualizações. Assim, os requisitos mínimos para este update sobem dos 16 GB e 20 GB necessários para as versões de 32 e 64 bits respetivamente. Agora, ambas as versões do sistema operativo vão requerer 32 GB de espaço em disco, noticia o ArsTechnica.

Caso o sistema do utilizador não tenha 32 GB disponíveis, ficará com a versão 1809 do Windows 10 até ao fim do suporte, que se espera que aconteça a 12 de maio de 2020 para as versões Home, Pro e Pro para Workstations e um ano depois para as versões Enterprise e Education.
Estes novos requisitos não se aplicam ao Windows 10 edição IoT, que tem mínimos mais modestos.

Necessita de apoio na verificação do espaço em disco na sua máquina? Entre em contacto com a ArtVision.

Fonte: Exame Informática

Este site utiliza cookies para otimizar a sua experiência. Ao continuar a navegar neste site, está a concordar com o uso destes cookies. Saber mais. OK
VOLTAR AO TOPO